sábado, 5 de fevereiro de 2011

Sua ausencia dói. E quando você partiu, saiba que um grande buraco no meu peito se abriu, bem no lugar aonde costumava ficar o coração. Sua ausência foi o pior veneno que eu já precisei tomar, e eu ainda não sei direito como eu consegui suportar todos esses dias sem ter você do meu lado. Mas eu fui forte, eu dei meu jeito. E se um dia voltar não vá mais uma vez, por que não sei se meu coração aguentaria mais uma vez viver longe de você. É engraçado como até mesmo nos momentos mais improváveis a lembrança da sua existência vem à tona em minha mente. Talvez agora fosse o momento ideal para você aparecer, me abraçar, me beijar e me dar carinho, porque sinceramente tudo o que eu mais precisava nesse momento era você aqui comigo. O frio, o vento e o silêncio de onde me encontro parecem ressaltar o fato de que você não está aqui, e isso está me deixando louco a muito tempo. Não consigo parar de lembrar do som da tua voz, lembrando que eu fechava os meus olhos e parecia que estava a sua frente, você é tudo o que eu penso, o que eu vejo. Daria tudo pra te ter em meus braços agora e poder falar no seu ouvido que voce é importante pra mim. sei que isso parece até um pouco infantil, e meloso, mas não consigo negar como em certos momentos me sinto tão desorientado, sem você. Porque meu mundo é você, apenas você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário